quinta-feira, 24 de março de 2016

Citados na lista da Odebrecht se defendem sobre valores recebidos de empreiteira

Do R7, com Agência Estado
A imprensa brasileira divulgou nesta quarta-feira (23) uma "superplanilha" com doações da empreiteira Odebrecht, investigada na Lava Jato, a políticos brasileiros durante as eleições regionais de 2012 e gerais de 2014. Essa é a maior relação de políticos (ao menos 200) e partidos associada a pagamentos de uma empreiteira até agora. No início da tarde, o juiz federal Sérgio Moro decretou sigilo sobre a lista da Odebrecht. O magistrado pediu ao Ministério Público Federal que se manifeste sobre 'eventual remessa' da documentação ao STF (Supremo Tribunal Federal).
A lista, porém, não permite afirmar se se trata de doações legais de campanha eleitoral ou caixa 2. Mesmo assim, políticos usaram as redes sociais e emitiram notas para se defender.
Em uma curta nota divulgada à tarde, o vice-líder da oposição na Câmara, deputado Raul Jungmann (PPS-PR), confirmou ter recebido R$ 100 mil de empresas da empreiteira Odebrecht.
"Este valor foi apresentado na prestação de contas ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), devidamente aprovada sem restrições", declara o deputado.
O candidato a vereador do Recife em 2012, Jarbas Filho (PMDB), filho do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), disse também em nota que todas as doações que recebeu em sua campanha foram declaradas e aprovadas: "Todas as doações de campanha que recebi em 2012, quando tentei uma vaga para a Câmara de Vereadores do Recife, foram declaradas e aprovadas. Dentro dessa prestação, existem doações de empresas privadas, pessoas físicas e dos diretórios estadual e nacional do PMDB, meu partido. Tudo formalizado, seguindo as orientações legais e disponibilizado no site do Tribunal Superior Eleitoral".
O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG)afirmou nesta quarta-feira (23) que todos os pagamentos a integrantes de seu partido feitos pela construtora Odebrecht foram doações legais de campanha. Nomes como o de próprio Aécio e do senador José Serra (SP). (Do R7, com Agência Estado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

TV MEGA NORDESTE

Postagens mais visitadas