quarta-feira, 30 de março de 2016

Governo anuncia reforma ministerial até sexta-feira

(imagem;epocaglobo.com)
Após o desembarque do PMDB, o governo pretende repactuar até a próxima sexta-feira a relação com os partidos que restam na base    aliada, redistribuindo os    cargos que eram de peemedebistas, segundo o ministro da chefia de gabinete da Presidência, Jaques Wagner. A estratégia agora contra o impeachment é obter apoios avulsos do PMDB. "O governo recebe com tranquilidade a decisão interna do PMDB e creio que chega em boa hora, porque oferece à presidente Dilma Rousseff uma ótima oportunidade de repactuar seu governo. Abre espaço político para uma repactuação", disse Wagner a jornalistas nesta terça-feira. O ministro classificou a relação com o vice-presidente, Michel Temer, como "politicamente interditada". Indiretamente, o ministro questionou a legitimidade que Temer terá se chegar a assumir o governo, em caso de impeachment da presidente. "Se alguém com 54 milhões de votos enfrenta dificuldades, alguém que venha sem essa legitimidade terá dificuldade ainda maior", afirmou. (matéria Do Terra)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

TV MEGA NORDESTE

Postagens mais visitadas