quarta-feira, 6 de junho de 2018

Motorista Da Dupla Henrique E Juliano Suspeito De Matar Ex-Mulher Grávida É Preso


De acordo com a assessoria da dupla Henrique e Juliano, o motorista Agnaldo Viríssimo suspeito de matar ex-mulher grávida, estava de folga no dia do crime.

                                                 Reprodução
O homem suspeito de matar a ex-mulher grávida de quatro meses durante esta madrugada, em Goiânia, foi preso em Anápolis na tarde desta segunda-feira (4/6).

Agnaldo Viríssimo, que foi levado para a Delegacia Estadual de Homicídios (DIH), é motorista da dupla sertaneja Henrique e Juliano.

De acordo com a assessoria  a dupla tomou conhecimento do triste fato ocorrido nesta manhã. “Aproveitamos para afirmar que na data do incidente o funcionário gozava de folga e que nosso contato com o mesmo é estritamente profissional”, afirmou em nota.

O casal se conheceu quando Aginaldo, levou o ônibus da dupla Henrique e Juliano, para reparos.

Grávida de quatro meses, Denise tentou escapar do motorista que arrombou a casa por volta das 3h da manhã. Quando tentou fugir pela rua do condomínio, a mulher levou um tiro na cabeça. Aginaldo fugiu a pé.

Além da mudança, trouxe o filho de 6 anos. “Ela deixou emprego e comprou esta casa aí em Goiânia. Abriu um empório, onde vendia comida congelada, bebida e refrigerantes”, lembra o primo, Leandro Nunes.

Apesar de casados formalmente, Denise tinha interesse em se divorciar. Os dois, inclusive, já não estavam morando juntos havia alguns meses.

De acordo com vizinhos de Denise, as brigas entre o casal eram constantes.

O delegado Danilo Proto afirmou ainda que a principal linha de investigação é que o crime tenha relação com o fato de que Denise tinha interesse em se divorciar.

Os dois, inclusive, já não estavam morando juntos havia alguns meses.

“Não temos muita coisa concreta ainda, mas a suspeita é que ele não aceitava o fim do relacionamento”, relatou o delegado que está investigando o caso.

O filho de Denise, de 6 anos, não presenciou o crime, pois estava dormindo, declarou o delegado.


O responsável pela investigação contou que os depoimentos de testemunhas devem começar nesta tarde. Parentes da autônoma estão vindo de São Paulo para liberar o corpo em Goiânia. Por: Movimento Country 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

TV MEGA NORDESTE