quarta-feira, 4 de julho de 2018

Idosa de 92 anos presa por matar filho para não ir a asilo

                                                     Divulgação
Uma mulher de 92 anos confessou ter assassinado seu filho para não ser levada a um asilo. O caso aconteceu em Fountain Hills, no Estado do Arizona, Estados Unidos.

Anna Mae Blessing foi presa depois que as autoridades encontraram o filho dela, de 72 anos, morto no último domingo (1º), segundo a CNN. Ela escondeu duas pistolas no bolso do roupão e atirou várias vezes no filho no quarto dele, conforme a polícia. 

A namorada do filho, que também estava no quarto, contou que ouviu a idosa dizer ao filho que estava cansada do jeito que era tratada. "No meu entender, ela havia pensado sobre isso por alguns dias porque houve uma disputa com relação ao filho querer colocá-la em um lar de idosos", explicou o sargento Bryant Vanejas para a TV local KPHO.

De acordo com nota policial, a idosa apontou a arma para a namorada do filho, que entrou em briga corporal até Blessing soltar a arma. Quando ela puxou a segunda arma do roupão, a jovem também conseguiu derrubar o objeto.

Blessing, após ficar desarmada, sentou em uma cadeira e esperou até a chegada da polícia. "Quando a suspeita estava sendo escoltada da residência, ela fez uma declaração espontânea no sentido de 'você tirou minha vida, então estou tirando a sua'", diz documento da corte sobre o caso. Uma das armas ela havia adquirido nos anos 1970 e a outra foi dada pelo marido. Fonte: Leia já

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

TV MEGA NORDESTE

Postagens mais visitadas