quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Radialista paraibano é preso pela Polícia Federal

                                                   Foto: Reprodução
O radialista Fabiano Gomes foi preso na manhã desta quarta-feira (22), pela Polícia Federal. Ele se encontra detido na sede da PF, em Cabedelo. A prisão preventiva foi determinada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba.

O radialista é um dos denunciados na Operação Xeque-Mate, que investiga um esquema de corrupção na Prefeitura Municipal de Cabedelo.

Conforme denúncia do Ministério Público, o radialista Fabiano Gomes seria o idealizador da compra do mandato do ex-prefeito de Cabedelo, Luceninha, em 2013.

A operação foi desencadeada a partir de uma colaboração premiada do ex-presidente da Câmara de Cabedelo Lucas Santino. O parlamentar teria procurado a Polícia Federal espontaneamente e, por não ter acesso a provas, a investigação foi iniciada.

A operação derrubou o prefeito Leto Viana e vereadores da Câmara Municipal, além de servidores, que se encontram presos pela Polícia Federal.

A Operação Xeque-Mate foi deflagrada no dia 3 de abril, em sua primeira fase, com o cumprimento de 11 mandados de prisão preventiva, 15 sequestros de imóveis e 36 de mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba e cumpridos pela Polícia Federal.

A segunda fase foi deflagrada no dia 19 de julho, com o cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão na casa e na empresa do radialista e nesta quarta-feira, o radialista acabou sendo preso, acusado de entregar o dinheiro da negociação do mandato de Luceninha, em troca de pagamento mensal.  as informações são do Portal Paraíba Online.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

TV MEGA NORDESTE

Postagens mais visitadas