terça-feira, 25 de setembro de 2018

Homem é preso por estuprar crianças e adolescentes e divulgar vídeo

Carlinhos Bicho foi preso após a denúncia da mãe de uma das vítimas, que teve um vídeo com cenas de sexo divulgado em grupos no WhatsApp

                                           Foto: Portal FolhaPE
Um homem investigado por estuprar pelo menos nove crianças e adolescentes foi preso na última sexta-feira (21), em Peixinhos, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife. Carlos Alberto de Souza Gusmão, 47 anos, conhecido como Carlinhos Bicho, foi autuado após a denúncia da mãe de uma das vítimas, que teve um vídeo com cenas de sexo divulgado em grupos no WhatsApp. De acordo com a mãe, o menino não estava mais saindo de casa nem indo para a escola por causa do vídeo.

De acordo com uma denúncia do Ministério de Direitos Humanos, o investigado teria tido relações sexuais com mais oito meninos, de 10 a 13 anos. A polícia, que possui todos os nomes, está tentando localizar as crianças e famílias para instaurar os inquéritos necessários.

O homem responderá pelos crimes de estupro, exploração sexual de menor e publicação de vídeos com cenas de sexo com vulneráveis na internet. “Caso seja condenado nos três, a pena passa de trinta anos”, afirmou Ricardo Cysneiros, delegado da Delegacia de Peixinhos.

Ainda segundo o delegado, Carlos Alberto atraía os meninos para a casa dele se utilizando de atrativos como jogos de futebol na televisão ou pelo pagamento de baixos valores para a compra de drogas ou suprir grandes necessidades financeiras. 

A polícia estava em diligência no entorno da casa do suspeito, na rua També, em Peixinhos, quando ele, provavelmente informado por alguém, se apresentou na Delegacia de Peixinhos acompanhado por um advogado. Carlos confessou apenas o crime pelo qual ele foi preso, afirmando que conhecia as outras crianças, mas que não teria tido nenhum tipo de relação com elas. 

“A divulgação da imprensa com o preso, a história e a rua onde ele mora provavelmente vai encorajar outras crianças, mães e pais a irem à delegacia registrar a ocorrência para que ele não saia mais”, acredita o delegado. O investigado está preso no Centro de Observação e Triagem em Abreu e Lima (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife. as informações são do Portal Folha PE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas