terça-feira, 4 de setembro de 2018

Juiz condena jovem que ostentava na web e que recebia Bolsa Família a 5 anos de prisão por assaltos a bancos em Cuiabá

Fonte: G1                                                                                                                                                       
                              (Foto: Reprodução / Facebook)
O juiz Marcos Faleiros, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, condenou Lúbia Camilla Pinheiro Gorgete a 5 anos de prisão, no regime semiaberto, com o uso de tornozeleira eletrônica, por organização criminosa ao se envolver com assaltos a agências bancárias em Mato Grosso em 2016. A decisão é do dia 27 de agosto.

O G1 não localizou a defesa de Lúbia, porém na ação ela afirma que vai recorrer da decisão.

Na sentença, o magistrado afirmou que se trata de uma organização altamente especializada, que se valia, inclusive, de equipamentos para bloquear sinais de alarme, garantindo êxito dos crimes.

Ainda segundo o juiz, a organização criminosa integrada por Lúbia foi responsável pela onda de furtos qualificados e roubos a agências bancárias em Mato Grosso, gerando intensa intranquilidade no meio social em 2016.

Lúbia e os integrantes da organização ostentavam com viagens, carros de luxo e barcos, custeados com dinheiro proveniente dos roubos, segundo a Polícia Civil. Fotos divulgadas por eles em redes sociais levantaram a suspeita.

A jovem, no entanto, recebia desde 2015 benefícios do Bolsa Família. Em 2017, dados no Portal da Transparência, do governo federal, apontavam que, de janeiro a setembro, Lúbia teve R$ 1,4 mil destinados a ela.

Lúbia integrava a quadrilha que assaltou pelo menos 10 agências bancárias no estado. Segundo a Polícia Civil, ela não tem relação direta com os crimes, mas tem ligação com os assaltantes e usufruía de viagens e passeios de luxo pagos com o dinheiro roubado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

TV MEGA NORDESTE

Postagens mais visitadas