domingo, 21 de outubro de 2018

Família de menina estuprada e morta pelo pai teme represálias

Parentes acreditam que podem 'estar na lista' do homem que está foragido


                                             © Reprodução / Facebook
O homem suspeito de ter matado a própria filha, Letícia Tanzi, de 13 anos, está foragido da polícia e familiares da vítima temem que ele apareça. Horácio Nazareno Lucas deixou a prisão, em São Roque (SP), onde cumpria pena por estuprar a cunhada, e matou a filha horas após deixar a cadeia.

Parentes disseram à polícia que Horácio tem aparecido na Zona Rural da cidade. O pai da Letícia teria sido visto no feriado de Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro), quando tentou invadir a casa de um amigo da família.

“Ele saiu correndo. O dono da casa ainda conseguiu correr atrás e atingiu as costas dele com uma foice, mas ele fugiu para a mata”, contou uma tia de Letícia.

Outro familiar de Letícia contou que todos temem serem atacados. "Toda nossa família está em risco. Estamos na lista dele, já perdemos uma adolescente e temos o risco de perder mais pessoas com esse cara solto de altíssima periculosidade", diz.

Segundo recorda o G1, Letícia tinha denunciado o pai pelo mesmo crime após a prisão dele. Ela foi esfaqueada e o suspeito fugiu para a mata de São Roque no dia do crime e não foi localizado. Segundo parentes, ele tentou invadir a casa de um amigo.

Horário está há 18 dias embrenhado na mata. A Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal fazem buscas pelo suspeito em toda a região.

A Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal fazem buscas pelo suspeito em toda a região. (Notícias ao Minuto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

TV MEGA NORDESTE

Postagens mais visitadas