sábado, 17 de novembro de 2018

Submarino argentino desaparecido há um ano é encontrado no Oceano Atlântico

Fonte: Agência do Rádio

Embarcação foi localizada a 600 km de onde havia sido montado o centro de operações durante a busca

                                    Crédito: Pixabay
O Ministério da Defesa e a Marinha da Argentina anunciaram, neste sábado (17), que o submarino ARA San Juan, desaparecido há um ano no Oceano Atlântico com 44 tripulantes a bordo, foi localizado a leste da Península Valdés, na Patagônia, a 600 km de onde havia sido montado o centro de operações durante a busca.

O local onde o submarino foi encontrado é o mesmo em que foi identificado um “evento com explosão”, de acordo com a Marinha Argentina, há um ano. Segundo o jornal argentino Clarín, as primeiras informações oficiais são de que a embarcação está “achatada na proa e bastante intacta”. Não há informações sobre as vítimas.

O submarino foi localizado pela empresa norte-americana Ocean Infinity, contratada pelo governo argentino, que encontrou a embarcação através de uma observação feita com um veículo submarino que possui câmeras subaquáticas. A equipe ainda rastreia e investiga a área com um veículo operado por controle remoto.

O ARA San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, quando voltava do porto de Ushuaia, onde realizou exercícios militares, para a base naval de Mar del Plata. O submarino estava a cerca de 430 quilômetros da costa patagônica da Argentina quando enviou seu último sinal.


As buscas pelo submarino começaram 48 horas depois de seu desaparecimento. Desde o fim do ano passado e ao longo de 2018, 13 países, incluindo o Brasil, reuniram esforços para participar das operações, com navios, aviões e submarinos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas