domingo, 23 de dezembro de 2018

Vigilância sanitária interdita Farmácia de João de Deus, Em Abadiânia Goiás


                                Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foi interditada a Farmácia do Mediu espirita João de Deus que funciona na Casa Dom Inácio de Loyola, na cidade de abadiânia, no interior de Goiás, onde o mediu realizava tratamentos espirituais.

A (Suvisa) Superintendência de Vigilância em Saúde de Goiás informou que a Farmácia produzia medicamentos em escala industrial na qual atuava sem autorização.

A Secretaria Estadual de Saúde de Goiás relatou que a interdição atinge somente o Laboratório sendo assim permitido a comercialização dos medicamentos. 

pois segundo o órgão a Farmácia tem alvará de funcionamento para produção dos medicamentos, mas não na escala em que vinham sendo produzidos.

De acordo com o G1, O número de remédios produzidos e comercializados não foi informado. No entanto, de acordo com estimativa do gestor da casa, Chico Lobo, cerca de 10 mil pessoas passavam pela Casa Dom Inácio de Loyola por semana enquanto João de Deus realizava os atendimentos no local.

A TV Anhanguera apurou que cada frasco de comprimidos vendido no local custava R$ 50. Também são vendidas garrafinhas de água considerada fluidificada, cujo tamanho maior custa R$ 10.

A interdição da Farmácia que ocorreu na última sexta-feira (21), logo após uma equipe da Vigilância Sanitária vistoriar o local, de acordo com a polícia havia uma demanda para que o órgão fiscalizasse a produção de medicamentos no local.

preso a cerca de uma semana João de Deus permanece detido por denuncias de estupro e violência sexual mediante fraude e ainda por posse ilegal de arma de fogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Postagens mais visitadas